quarta-feira, 4 de maio de 2016

Alunos criam super colector solar parabólico


Um grupo de alunos do 7º ano da Escola Secundária Pinhal do Rei, Marinha Grande, acaba de construir um colector solar extremamente eficiente na produção de calor. Utilizando os princípios básicos de reflexão da luz e os conhecimentos sobre acumulação e condução de energia térmica, este grupo de jovens cientistas construiu um pequeno protótipo que funciona de forma surpreendente. A estrutura é relativamente simples e feita com materiais fáceis de obter. Na base existe uma superfície refletora parabólica que reflete uma grande quantidade de radiação solar para um ponto focal onde se encontra o acumulador de energia. Este acumulador é constituído por sete camadas de materiais com diferentes níveis refratários. Desta forma, o calor é armazenado na zona central e é conduzido para cima onde se encontra o reservatório de água. Os primeiros ensaios revelaram resultados que superaram as espectativas. Em dias de céu aberto, a temperatura da água atinge os 100 ºC em apenas 40 minutos. As estimativas iniciais sugerem que o núcleo do colector solar possa atingir uma temperatura próxima dos 1000 ºC no final de um dia de exposição ao Sol.
Este projeto, designado por CSP3, foi premiado e selecionado pela Fundação Ilídio Pinho, Ministério da Educação e Ciência e Ministério da Economia, tendo como objetivo principal desenvolver uma tecnologia solar mais eficiente que a atual para contribuir para uma melhor sustentabilidade do planeta.

Sem comentários:

Enviar um comentário