quinta-feira, 4 de junho de 2020

Comboio de Lata - 1.º aniversário



FOI HÁ 1 ANO…….
No passado 29 de maio, fez um ano que o livro “Comboio de Lata” começou a circular, iniciando novas viagens e levando o Património da Marinha Grande, a outros países, a outros continentes, promovendo o livro e a leitura de forma inclusiva, de todos para todos.
Esta história infantil é sobre o Comboio de Lata, que faz parte do património histórico e cultural da Marinha Grande que percorreu, em três ramais, o Pinhal do Rei/Matas Nacionais, desde 1923 a 1965.
 É um  livro inclusivo, para todos, visto que reúne texto aumentado, braille, e imagens em relevo para crianças  cegas ou de baixa visão, pictogramas, para crianças com incapacidade intelectual ou outras limitações, incluiu um código Quick Response (QR) que encaminha para a página  do Jardim de Infância da Boavista, onde o livro se encontra disponível nas versões audiolivro e videolivro, em Língua Gestual Portuguesa para crianças surdas. Também poderá ser ouvida uma canção original, cantada pelas crianças do Jardim de Infância da Boavista.
Esta publicação já circulou até Itália, Universidade de Bolonha, Cabo Verde e até ao Brasil, Universidade Federal do Piauí, para além de ser traduzido em LIBRAS, a Língua Gestual do Brasil e apresentado em vários encontros/colóquios nacionais e internacionais sobre inclusão.
O livro encontra-se à venda no Jardim de Infância da Boavista e na livraria Livros e Companhia (Marinha Grande) e, cremos que passou a fazer parte do Património Histórico -Cultural Marinhense.


Legenda: 2- Sessão de trabalho no CRID-IPL, com docentes de Cabo Verde.
3- O livro “Comboio de Lata” foi entregue na Universidade de Bolonha
4- Reitor da Universidade de Piauí, Brasil,com a Diiretora de ESECS, Doutora Sandrina Milhano e a Doutoranda Alessandra Castelini


A camada de ozono - Lara Marques, 4.º ano- EB Cumeira







MEMÓRIAS


O tempo que passei na Escola Pinhal do Rei... não esquecerei.
As amizades que fiz e que levo para a vida, a experiência e oportunidade que me deram de aprender e saber mais, os professores que para além de serem professores, nós sabíamos que podíamos contar com eles dentro e fora da escola, algumas funcionárias como a Paula da Biblioteca, a D.Lurdes do Bar, entre outros, serão pessoas que jamais esquecerei. 
Recordações levo algumas, como as festas de final de ano, de Natal e a famosa Taça do Rei na qual pude participar e em que, praticamente toda a escola parava para assistir ou participar. São memórias que me acompanham e que recordo frequentemente quando me encontro com algumas funcionárias ou ex-alunos
A Escola Pinhal do Rei transmitiu-me valores que levarei para a vida e fez de mim uma parte daquilo que eu sou hoje, como aluna e como pessoa. Obrigada!
  
  
                                                               Adeline Valérie Marques Craveiro,25 anos, 
                                                               Técnica de Análises Químicas e Biológicas

Comboio de Lata - 1.º aniversário

FOI HÁ 1 ANO……. No passado 29 de maio, fez um ano que o livro “Comboio de Lata” começou a circular, iniciando novas viagens e levand...